BABADO DA SEMANA

Flávio Dino: Perseguidor por natureza

Bastou não lê na cartilha comunista, que será perseguido pelo governador do Maranhão

Adversários políticos do governador do Maranhão, Flávio Dino são vítimas constates de perseguições. Não importa se o opositor é prefeito, vereador, deputado, policial ou empresário, só precisa ser opositor e não lê na cartilha comunista do palácio dos Leões. Inúmeros prefeitos maranhenses são vítimas de perseguições de Flávio Dino. A mais nova vítima é o prefeito de São Pedro dos Crentes, onde até vacina, segundo o gestor, Flávio Dino tem mandado apenas 20 doses por remessa.

Mas as perseguições não param por ai. Um oficial da Polícia Militar em Imperatriz foi afastado do seu posto de comandante do Grupo de Operações Especiais (GOE) após aparecer em uma foto ao lado do presidente Jair Bolsonaro, que passou pela Região Tocantina na semana passada. No dia que a foto foi publicada as redes sociais, os comentários já davam conta de perseguição: transferência de cidade ou queda do cargo. Não seu outra, o cara caiu.

O subtenente João Paulo surgiu numa imagem, junto com outros militares, ao lado de Jair Messias Bolsonaro, principal opositor e crítico de Flávio Dino, no aeroporto de Imperatriz. Apesar da exoneração do cargo de comando, a Secretaria de Estado de Segurança Pública do Maranhão (SSP) garante que o fato é isolado e não tem relação com a foto publicada. Veja abaixo o comunicado.

“Não há qualquer processo administrativo instaurado contra um subtenente em Imperatriz por ter tirado foto com o presidente da República ou qualquer outra pessoa”, diz um comunicado oficial.

A lista de perseguido por Flávio Dino é grande desde janeiro de 2015 quando assumiu o Palácio dos Leões. Para quem não lembra, até Ilson Mateus, empresário proprietário do Supermercado Mateus também já foi vítima de Flávio Dino, por achar que o Mateus era de Sarney. Hoje Dino só falta colocar Ilson Mateus no alta de sua casa.

As críticas de Flávio Dino a Bolsonaro servem apenas como parâmetro para mostrar que a diferença está apenas do tamanho da arrogância e da prepotência. É o sujo falando do mal lavado. Flávio Dino não engana mais ninguém com essa papo furado.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo