JUSTIÇA

INSS altera cadastro da aposentadoria de José de Abreu e cancela aposentadoria do ator; caso está na Justiça

O Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), que sempre foi uma porcaria, agora está pior ao alterar cadastro de aposentado para bloquear benefício

O ator José de Abreu, de 75 anos, tenta regularizar a sua situação junto ao INSS. Aposentado desde junho de 2011, o artista recebia regularmente sua aposentadoria até que no final de 2019 houve uma mudança inesperada. O INSS trocou o cadastro do aposentado e bloqueou o benefício do ator.

Abreu alega em ação na Justiça Federal do Rio de Janeiro, que, “sem qualquer solicitação ou motivação”, a conta para depósito foi alterada, de uma agência no Rio para uma em Nova Iguaçu. O ator abriu procedimentos administrativos, mas o problema não foi solucionado.

Com a mudança da conta, a aposentadoria passou a ser estornada pelo INSS, o que levou Abreu a recorrer ao Judiciário em maio deste ano. Pelo que consta nos documentos anexados, ele deixou de receber os valores entre os meses de novembro de 2019 a março de 2021, sem contar 13º salário.

“Após haver insistência do ator, tanto no banco, quanto no INSS, um servidor do INSS informou-lhe de que se quisesse receber, bem poderia entrar na Justiça. Vale ressaltar que o ator buscou por diversas vezes o INSS e, simultaneamente, o banco para tratar da questão”, informou o escritório de advocacia que representa Zé de Abreu no caso.

A defesa do ator informou em petição recente que os depósitos voltaram a ser feitos na conta correta, mas ainda resta o estorno do que não foi recebido. Seus advogados pedem liminar para obrigar a União a detalhar o que é devido e realizar o estorno do valor.

Por Nelson de Lima Neto

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo