ELEIÇÕES

Lula acena querer apoio e apoiar o PDT no Maranhão

O Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores, não deseja subir no palanque do PSDB no Maranhão

Ninguém mais que Lula sabe da fidelidade do senador Weverton ao ex-presidente mesmo nos momentos mais complicados de sua trajetória política. Weverton esteve ao lado de Lula, fez campanhas para Dilma e nunca subiu em palanques de adversários do petista. Mantém sua fidelidade ao ex-presidente, assim como faz com o PDT, seu único partido até hoje. É justamente essa confiabilidade, que faz Lula desejar o apoio do PDT e de Weverton no Maranhão.

Uma imagem vale mais que mil palavras. Na última terça-feira (4), Lula participou de um jantar com senadores petista e o senador do Maranhão, Weverton era o único político de outro partido presente. Já declarado pré-candidato ao governo do Maranhão, Weverton tem trabalhado firme em busca de apoios e Lula sinalizou um possível apoio à candidatura do pedetista ao Palácio dos Leões, chacoalhando o grupo político do governador Flávio Dino, que se mantém em cima do muro, assim como fez em 2014.

Segundo publicou o jornalista da Folha de São Paulo, João Pedro Pitombo, Flávio Dino está com sua base governista rachada entre as pré-candidaturas ao Palácio dos Leões. Entre os pretendentes estão o vice Carlos Brandão, o senador Weverton Rocha e o deputado Josimar Maranhãozinho. Em cima do muro, Flávio Dino não se define e vê Weverton quilômetros à frente de Brandão, juntando os cacos dos sarneysistas, como foi o caso da chegada de Zé Reinaldo aos Leões.

Em evolução política, Weverton é disparado o nome que mais cresce o Brasil. Em menos de 10 anos como político, o pedetista saiu de líder estudantil para virar senador da República, sem padrinho político, sendo deputado federal por 6 anos e eleito o senador mais votado da história política do Maranhão, desbancando velhas raposas que já estavam no poder por décadas. E é justamente isso que faz Lula querer apoiar e dar  apoio a Weverton no Maranhão nas eleições de 2022.

Segundo publicou o jornalista João Pedro Pitombo, o presidente nacional do Partido Democrático Trabalhista, Carlos Lupi, que a reunião com Lula foi previamente avida a ele e Ciro, e vista com naturalidade dentro do PDT. “Weverton é pré-candidato ao governo do Maranhão e tem que dialogar com todas as forças políticas. Essa aproximação é natural, importante e estratégica”, descreve Lupi.

Segundo publicou a Folha, existe grande possibilidade do Partido dos Trabalhadores não aceitar aliança com o PSDB no Maranhão. O presidente do PCdoB no Estado, Márcio Jerry, já sabe dessa possibilidade, mas mesmo assim arrisca dizer que que Lula e Flávio Dino vão estar juntos no mesmo palanque. Só falta Flávio Dino reconhecer e declarar que Weverton é o melhor nome para sua sucessão.

Leia mais clicando AQUI…

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo