MARANHÃO

Madeira cara de pau

Pelos cálculos do secretário de Brandão, quatro novos ferry-boats já deveriam estar em operação

Sebastião Madeira, ex-prefeito de Imperatriz e atual secretário de Carlos Brandão, durante entrevista ao programa Questão de Ordem, mentiu ao falar sobre a situação dos ferryboats, e se aproveito do momento para atacar adversários políticos. Pelas contas de Sebastião Madeira, quatro novos ferry-boats já deveriam estar operando na travessia entre São Luís e o Cujupe. Só que milagres acontecem, mas não é para qualquer um.

Em maio, exatamente no dia 17, o atual secretário-chefe da Casa Civil do Maranhão anunciou que tudo estaria resolvido “muito breve” à “curtíssimo prazo”. Questionado pelo radialista Marcelo Minard, Madeira aproveitou para mentir aos maranhenses e alfinetar adversários, como se fosse tão competente como dizes.

– O governador Brandão, o governo Brandão, está “invitando”todos os esforços. E muito breve, mas muito breve, à curtíssimo prazo, nós teremos mais duas embarcações. Curto prazo que eu to dizendo é de três a cinco dias – afirmou Madeira, que até hoje não cumpriu com a palavra.

Não satisfeito, o eterno tucano, prometeu mais duas embarcações em “um mês ou dois”. Mentiu descaradamente na rádio durante entrevista por telefone. Madeira, nuca cansou de passar vergonha na política.

Passados trinta dias, nem o ferry-velho José Humberto, de 38 anos, anunciado por Carlos Brandão como “novo” e de “alto padrão”, conseguiu autorização das autoridades marítimas para operar – nem mesmo com a intervenção política de Flávio Dino e Felipe Camarão.

Esta semana, em Poção de Pedras-MA, ele submeteu o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Paulo Velten, a um constrangimento sem precedentes na história política do estado. Inaugurou um mercado municipal sem água e sem energia elétrica.

Com informações do Marrapá

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!