POLÍTICA

Marcial Lima perde liderança do governo e corre risco de não ser candidato a deputado

Aliado de primeira viagem, Marcial agora deve se tornar opositor ao prefeito Eduardo Braide na Câmara

O vereador Marcial Lima (Podemos) se enfraqueceu politicamente culminando com a perda do cargo de líder do governo do prefeito Eduardo Braide na Câmara Municipal. O jornalista optou por apoiar um candidato a mesa diretora da Câmara, que não é o mesmo de Braide e acabou ficando em situação complicada na gestão.

Marcial rompeu com Braide ao escolher apoiar Paulo Victor para a presidência da Câmara. Pré-candidato a deputado, Marcial ficou muito fragilizado para a disputa e talvez se quiser ainda ser candidato, deve deixar o Podemos, mas a janela não está aberta para vereadores.

Além de perder lideranças importantes que seriam garantidas pelo prefeito, Marcial corre o risco de não ter legenda para a disputa. Se caso venha sair do Podemos, seria o terceiro partido a deixar em apenas 5 anos de política.

O agora ex-líder do governo está filiado ao Podemos e tem que continuar no partido já que não existe janela partidária para vereadores. Assim, é possível que Braide não garanta legenda para ele ser candidato. A única solução é Marcial fazer o caminho inverso e voltar a ser aliado.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo