BABADO DA SEMANA

Mesmo comendo cloroquina, dono da Havan é internado com covid-19 em São Paulo

Estado de saúde do empresário é estável, mas a mãe e a mulher também estão internadas

O dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang, de 58 anos, defensor da cloroquina, foi internado em uma das unidades do Hospital Sancta Maggiore, da rede Prevent Sênior, em São Paulo, após ser diagnosticado com coronavírus. O estado de saúde do empresário é estável, mas requer cuidados.

Com ele também está internada a sua mulher, Andrea Hang. O estado de saúde dela é considerado estável. A mãe do empresário, Regina Modesti Hang, de 82 anos, também está no hospital. No caso dela, o estado de saúde é mais grave. Ela está em UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Apoiador do presidente Jair Bolsonaro, o empresário costuma usar as redes sociais para defender uso de hidroxicloroquina no tratamento precoce da covid-19. Também critica as medidas de isolamento social estabelecidas pelos governos estaduais, simplesmente por achar lindo noticias de mortes por Covid-19.

Em julho de 2020, Hang teve seus perfis no Twitter e Facebook bloqueados por determinação da Justiça. O empresário é investigado no inquérito das fake news no STF (Supremo Tribunal Federal), e é alvo de outra investigação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por disseminação de notícias falsas.

Por Fernando Rodrigues

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo