MOTO CLUB

Moto demite comissão técnica após derrota para o Botafogo-RJ

O presidente do clube querendo encontrar cabelo em ovo, achou o culpado: Marcinho Guerreiro

O Moto Club de São Luís tomou uma matracada na noite desta quarta-feira (10) no Castelão diante do Botafogo-RJ pela Copa do Brasil. Após eliminação, o presidente do clube encontrou um culpado: o técnico Marcinho Guerreiro, que atualmente deixa o Papão do Norte na liderança do Campeonato Maranhense com 9 pontos.

Segundo nota enviada pela assessoria do clube, o presidente Natanael resolveu demitir toda comissão técnica, faltando 4 rodadas para o término da primeira fase do estadual. Com um time fraco, o Moto foi eliminado na pré-Copa do Nordeste e agora na Copa do Brasil. Resta ainda o Maranhense e Brasileiro Série D.

Sem planejamento e sem dinheiro para investir, nenhum treinador irá fazer milagre, a não ser que dispute o Intermunicipal, mesmo assim corre sério risco de ser rebaixado, haja vista que existem muitas seleções no interior do Maranhão melhores que esse time que o Moto montou.

Teria que demitir eram os jogadores, que já mostraram que não têm condições técnicas de vestir a camisa do Moto, ao invés de demitir o técnico Marcinho, que já mostrou sua capacidade em outras temporadas, tanto no Papão do Norte, quanto em outros clubes.

VEJA A NOTA ABAIXO

O Moto Club vem por meio do departamento de futebol informar que a comissão técnica que comandou o time no início da temporada 2021 não seguirá para o restante da temporada. Depois de uma avaliação criteriosa ficou decidido pela saída dos mesmos.

O Moto Club agradece todo o empenho, profissionalismo e vontade por todo o tempo em que estiveram à frente dessas cores rubro negras. Sucesso na caminhada.

Departamento de futebol do Moto Club – Renne Franco

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo