SÉRIE D

Moto tropeça no Cavalo e está eliminado da Série D

O jogo aconteceu no Castelão e o placar foi humilhante para os motenses

A disputa entre Moto X Imperatriz na temporada 2018 terminou com a pior para o Papão do Norte. A briga entre Marcinho Guerreiro X Natanael JR. terminou com vitória do jovem treinador dentro das quatro linhas, onde o resultado foi um certificado de burrice do presidente motense, que se acha o pai da sabedoria e acabou provando do próprio veneno em pleno castelão na tarde desde domingo (24). Literalmente a fogueira motense queimou em Imperatriz ao perder por 2×1 no último sábado (16).

A prova de que comando não depende só de grana, foi a conquista do Campeonato Maranhense em cima do próprio Cavalo de Aço com um time que não recebia salário há três meses. Mesmo assim, Marcinho mostrou comando e levantou o caneco em pleno Frei Epifânio. Mas Natanael tentando aplicar, fez com que o treinador e sua comissão deixasse o Moto, e de imediato foi contratado pelo Imperatriz. E como o mundo dar voltas, o confronto foi inevitável, e Marcinho mostrou que futebol se faz com inteligência, trabalho e respeito aos jogadores e torcedores.

Ninguém pode colocar culpa em jogadores ou comissão técnica. É válido lembrar que o técnico Luís Miguel estava acumulando funções dentro do Moto, enquanto isso, o presidente Natanael JR usava o Moto para negociar com o deputado federal André Fufuca, que da noite para o dia se declarou motense e financiador. Os jogadores chegaram muito longe, já que foram humilhados, e comeram o pão que o cachorro amassou. Palmas para os jogadores, que até o último minuto mostraram que são homens de guerra e não se abatem com nada. Um hora ou outra a casa iria cair e agora resta juntar os cacos de tijolos e reconstruir tudo.

PRIMEIRO TEMPO 

O jogo prometia correria total, já que o Moto entrou em campo em desvantagem no placar. A partida começou eletrizante no Castelão. Logo aos 18 minutos, o zagueiro Ramon abriu o placar para o Moto, mas no minuto seguinte, ainda na comemoração dos torcedores, Cloves empatou a partida para o Imperatriz. A partir dai o Papão do Norte saiu para o jogo e deu espaço para o Cavalo de Aço.

O Cavalo de Aço aproveitou as oportunidades depois do gol e melhor em campo, virou o placar para 2×1 aos 33 minutos, através de André Penalva. Cinco minutos depois do segundo gol, aos 38 minutos, Júnior Chicão mostrou que é carrasco e aproveitar o cruzamento de Kaká para fazer 3×1 para o Cavalo de Aço. Antes do intervalo, o Moto reagiu e diminuiu com o atacante Val Barreto, fazendo 3×2. O Moto desceu para o vestiário com a famosa frase “Eu acredito”, dando a entender que voltaria para colocar fogo no jogo.

SEGUNDO TEMPO

Na volta para o segundo tempo, as duas equipes entraram em campo com um ritmo menor, diferente do primeiro tempo que teve 5 gols. O Moto tentava chegar pelas pontas, mas não conseguia, mesmo com os laterais avançando bastante. O meio de campo do papão era disperso e o Cavalo de Aço ganhava todas as disputas. Aos 12 minutos, Renan cruzou para Kaká que que não desperdiçou a oportunidade e marcou o quarto gol do Cavalo de Aço, dando números finais na partida e classificando o Imperatriz para o último mata-mata.

O Imperatriz no comando de Marcinho Guerreiro, manteve o controle do jogo após o quarto gol e equilibrou ainda mais a marcação, dando pouco espaço ao Moto, que perdeu o controle emocional e a partida, dando adeus ao acesso à Série C de 2019. Trocando passes no campo de ataque, o Cavalo de Aço apenas esperou o apito final para comemorar a classificação para as quartas de final, feito inédito na história do Mais Querido da região tocantina.

PRÓXIMA FASE

Com 18 pontos na classificação geral, o Imperatriz deverá ficar no Grupo B e enfrentará um time do Grupo A. Classificarão 8 times e os confrontos serão definidos através da classificação geral. Dos classificados para as quartas de final, o São José-RS tem a melhor campanha com 25 pontos, seguidos por Caxias-RS com 24 pontos, Treze-PB com 20 pontos, Manaus-AM com 19 pontos, Ferroviário-CE com 18 pontos, Imperatriz-MA com 18 pontos e Linense-SP com 16 pontos. Restam jogar Campinense-PB X Brasiliense-DF. O time paraibano tem 19 pontos contra 18 pontos do Brasiliense. Caso o Campinense venha ganhar a partida, somaria 22 pontos e assumiria a terceira colocação. Mas se o Brasiliense apenas empatar, somaria 19 e seria o quarto colocado.

CLASSIFICAÇÃO GERAL

1º – São José-RS ————————————————————————25 pontos

2º – Caxias-RS  ————————————————————————–24 pontos

3º – Treze-PB  —————————————————————————-20 pontos

4º/3º – Campinense-PB/Brasiliense-DF —————————————-(—-)pontos

5º – Manaus-AM ————————————————————————-19 pontos

6º – Imperatriz-MA ———————————————————————18 pontos

7º – Ferroviário-CE ———————————————————————18 pontos

8º – Linense-SP ————————————————————————-16 pontos

FICHA TÉCNICA DO JOGO

Moto Club-MA

Rodrigo Ramos; Diego Renan, Betão, Ramon e Chico Bala; Sandro Bacanal (Rayro), Márcio Diogo (Shailison), Doda e Everlan (Jardelson Azul); Ricardo Maranhão e Val Barreto.
Técnico: Luís Miguel
Imperatriz-MA

Jean; Gabriel, André Penalva (Anderson), Maycon e Renan Luis; Cloves, Daniel Barros e Eloir; Kaká, Kanu (Adauto) e Júnior Chicão (Zé Neto).
Técnico: Marcinho Guerreiro

 

RENDA & PÚBLICO DO JOGO

Público Total: 5.305

Público Pagantes: 4.783

Renda do Jogo: R$ 75.200,00

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close