ARTIGO

Número de profissionais de saúde infectados pela Covid-19 aumenta no Brasil

É avassaladora a quantidade de profissionais da saúde infectados pelo coronavírus

Para os irresponsáveis parece que a pandemia acabou. São festas às escondidas, reuniões políticas com aglomerações, praias, balneários, açudes, rios e riachos, bares, restaurantes, lanchonetes, lojas e ônibus coletivos abarrotados. A vida só vai ter valor quando alguém desses teimosos estiverem na fila dos hospitais lotados à espera de uma vaga para ser internado. É bom lembrar que no cemitério não há fila e nem velório nesta ocasião.

Para tentar salvar vidas, enfrentando um inimigo invisível e perigoso, os profissionais de saúde mesmo equipados correm um grande perigo. O juramento faz com que a vida de seu próximo seja muitas vezes mais importante que a sua. São Profissionais que enfrentam batalhas tristes, emocionais, mas a luta é constante.

Nos últimos meses o avanço da Covid-19 é avassalador sobre os profissionais de saúde. De janeiro a agosto, 233 mil pessoas da área contraíram o coronavírus e 196 delas morreram. A cada 10 minutos, 7 brasileiros que atuam na linha de frente no combate ao Covid-19 são infectados e, praticamente, um morre por dia. As principais vítimas são técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos.

Não basta publicar mensagens na rede social elogiando os profissionais de saúde. É necessário a consciência de que a proliferação do novo coronavírus coloca em risco a vida dos profissionais de saúde também. Para evitar uma tragédia na saúde pública e particular do Brasil, o único caminho seria a população se conscientizar de que a Covid-19 mata e não escolhe classe social, raça, idade, ou gênero.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo