POLÍCIA

Polícia Federal amanhece na cola de contrabandista de cigarros em Bequimão-MA

A ação também aconteceu em São Luís e visa combater a entrada de cigarros vindos do Suriname

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (28), na região metropolitana de São Luís e na cidade de Bequimão, a Operação “Melicertes”, com objetivo de combater o crime de contrabando de cigarros que chegam à costa maranhense, oriundos do Suriname. A carga era descarregada em portos clandestinos e pessoas pobres eram usadas para fazer o trabalho no período noturno.

A investigação foi conduzida pela Polícia Federal, com a participação da Polícia Militar, e teve início após a prisão em flagrante realizada pela Polícia Militar, em setembro de 2020, de um grupo criminoso responsável pelo contrabando de cigarros apreendidos em um porto clandestino na zona rural de Bequimão.

Durante as investigações da Polícia Federal, foi possível identificar uma estrutura criminosa dedicada ao contrabando de cigarros oriundos do Suriname, introduzidos no território nacional em pontos de desembarques clandestinos localizados na zona costeira do Estado, contando ainda com a participação de policiais militares que atuavam fazendo a segurança da carga.

Com o desdobramento da investigação, a Polícia Federal representou pela expedição de medidas cautelares junto à 2º Vara Criminal Federal da Seção Judiciária do Estado do Maranhão, que expediu 15 mandados judiciais, sendo 11 de busca e 4 de prisão. Cerca de 50 Policiais Federais e Policiais da Corregedoria da Polícia Militar do Maranhão participam das diligências.

Os envolvidos, caso condenados, podem responder pelos crimes de contrabando, facilitação de contrabando e associação criminosa, com penas que podem chegar a 13 anos de prisão.

Por Imirante

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo