MARANHÃO

Prefeito Braide suspende licitação e mantém contrato com a Enter Propaganda

Empresa está na Prefeitura desde a gestão do ex-prefeito Edivaldo Holanda Júnior

A empresa Enter Propaganda foi mais uma vez a escolhida para continuar na comunicação da prefeitura de São Luís. Segundo levantamento do site Folha do Maranhão, após abrir uma licitação onde pretendia contratar duas agências de publicidade, a gestão do prefeito Eduardo Braide cancelou a licitação e deu continuidade no contrato com a referida agência de publicidade, que está na Prefeitura desde a gestão do ex-prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Operando na prefeitura de São Luís desde 2013, e há 4 anos de forma seguida, a Enter Propaganda fez uma nova proposta para a gestão de Eduardo Braide para dá continuidade em contrato que a empresa tem na prefeitura desde 2018.

Segundo documentação obtida pelo site Folha do Maranhão, a empresa Enter Propaganda irá permanecer na comunicação da prefeitura de São Luís por mais 6 meses, ou seja, o seu contrato que encerraria no final de março, acabou sendo prorrogado pela 6ª vez, até o dia 24 de setembro de 2022, pelo valor de R$ 6.500,000,00 (seis milhões e quinhentos mil reais).

Na alegação, mais uma vez a prefeitura usou o princípio de vantajosidade, que caracteriza-se como a adequação e satisfação do interesse coletivo por meio da execução do contrato. Sobre a licitação que a prefeitura de São Luís teria em aberto para a contratação deste tipo de serviço foi suspensa. Segundo aviso de suspensão divulgado pela prefeitura, a suspensão se deu em virtude de uma impugnação não ter sido respondida em tempo hábil.

HISTÓRICO

A empresa Enter Propaganda começou a operar na prefeitura de São Luís desde em 2013, onde teve seu primeiro serviço. Neste contrato, a vigência prevista era de 1 ano e foi prorrogado por 1 ano, com o valor de R$ 9 milhões. Em 2018, a empresa voltou a comunicação de São Luís, desta vez pelo valor de R$ 20,5 milhões, onde por duas vezes teve prorrogação do seu contrato na gestão de Edivaldo. O primeiro aditivo custou o mesmo valor do contrato, R$ 20,5 milhões, porém no segundo aditivo houve um acréscimo de R$ 4,1 milhões, deixando o contrato em R$ 24,6 milhões.

Em 2021, já na gestão de Eduardo Braide, o então secretário de comunicação, Joaquim Haickel deu continuidade ao contrato por mais 6 meses, custando o valor de R$ 6,5 milhões. Ao final de 2021, também através de aditivo, o contrato foi prorrogado mais uma vez pelo o mesmo valor, R$ 6,5 milhões.

Segundo os dados da Receita Federal, a Enter Propaganda está em nome Ana Mary Almeida Ramos, irmã do empresário Evilson Almeida, no qual seria o verdadeiro dono. Evilson, seria o homem do marketing do PDT, onde foi responsável por diversas campanhas do grupo político, entre elas, a campanha de Edivaldo Holanda Jr, Weverton Rocha e Neto Evangelista.

Por Folha do Maranhão

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!