BEQUIMÃO

Prefeitura de Bequimão oferta pré-vestibular e transporte a estudantes quilombolas

Estudantes quilombolas que realizaram prova do PROETNOS estão sendo contemplados pela gestão municipal

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Igualdade Racial, ofereceu suporte educacional e de transporte a vinte e três estudantes quilombolas do município que participaram neste domingo (22) da seleção do Programa de Formação Docente para atender a Diversidade Étnica do Maranhão (PROETNOS). O objetivo da iniciativa é oportunizar o acesso ao ensino superior de qualidade e contribuir com o processo de escolarização nas comunidades tradicionais do Estado.

“O Pré-Vestibular Quilombola foi um dos compromissos assumidos por mim junto ao Movimento Quilombola de Bequimão (MOQBEQ) e cumprimos em setembro do ano passado, quando iniciamos a preparação dos estudantes para a prova. E a procura foi grande. Dezenas de alunos participaram da nossa preparação até o dia da prova. Agora, seguimos confiantes quanto à aprovação dos nossos estudantes”, contou, otimista, o prefeito de Bequimão, João Martins.

Realizaram a prova, constituída por uma redação em Língua Portuguesa, estudantes de Marajá, Ariquipá, Monte Palma, Rio Grande, Águas Belas, Conceição e Ramal de Quindiua. Eles concorrem a vagas do curso de Licenciatura em Educação Quilombola oferecido pela Universidade Estadual do Maranhão, em São Bento.

A gestão do prefeito João Martins participou do processo desde o início, com a implantação do Pré-Vestibular Quilombola, até o dia da prova, realizando o transporte dos estudantes até o município de São Bento. Com o auxílio, os vestibulandos puderam realizar a prova com tranquilidade, recebendo todo o apoio da Secretaria Municipal de Igualdade Racial, como explica o secretário Fábio Silva.

“Como já era de se esperar, o prefeito João Martins foi bastante sensível às demandas do MOQBEQ e nos deu a possibilidade de realizar o pré-vestibular inteiramente gratuito aos nossos estudantes quilombolas. Hoje eles completam mais uma fase desse processo com a realização da prova. Estamos confiantes de que vai dar tudo certo e todos vão conseguir ser aprovados, bem como iniciar o curso superior em uma instituição de qualidade como a UEMA”, reforçou o secretário municipal de Igualdade Radial.

PROETNOS

O Programa de Formação Docente para atender a Diversidade Étnica do Maranhão (PROETNOS) foi criado este ano, com o objetivo de formar e qualificar professores para assumir os processos de escolarização nos territórios dos povos e comunidades tradicionais no Estado do Maranhão, garantindo assim a autonomia desses territórios, uma vez que os professores a serem formados devem ser exclusivamente oriundos das suas comunidades e povos.

O curso de graduação ocorrerá na modalidade parcelada ou de alternância, com aulas às sextas-feiras e sábados, sempre nos campi onde está sendo oferecido.

Pré-vestibular Quilombola

As aulas de redação, disciplina pré-requisito para ingresso na graduação do Campus São Bento, aconteceram todos os sábados pela manhã na Escola Domingos Bouéres. Quatro professores de Língua Portuguesa ministraram as aulas.

Mais de 100 jovens e adultos se inscreveram e quatro turmas com capacidade para até trinta alunos interessados em prestar o vestibular foram montadas.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!