NOTÍCIAS

Prefeitura de Ribamar-MA quer torrar quase R$400 mil com caixões funerários

Nem sempre por estarem no Portal da Transparência, os contratos são lícitos e obedecem a lei

Mesmo com tantas fiscalizações realizadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), Ministério Público, nos mais variados municípios brasileiros, alguns gestores municipais ainda, sim, conseguem fazer licitações estranhas, com valores mirabolantes, muitas vezes para comprar objetos desnecessários, principalmente pela quantidade exorbitante.

É o caso da Prefeitura de São José de Ribamar, administrada pelo prefeito Júlio Cesar Matos, que abriu a licitação Nº 20/2022 para contratar uma empresa especializada em prestação de serviços funerários e venda de caixões (urnas).

O valor colocado no edital de licitação para compra de insumos, que beneficiaria famílias em estado de vulnerabilidade social no município de São José de Ribamar, localizado na Região Metropolitana da Ilha, é de R$326.700,00 (trezentos e vinte seis mil e setecentos reais. Todo valor sairia da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Renda.

De acordo com o processo administrativo, Nº 1278/2021, a licitação é na modalidade Pregão Eletrônico e ainda estaria em andamento o processo de contratação da funerária, mesmo tendo sido aberto no último dia 27 de abril deste ano.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!