FUTEBOL MARANHENSE

Prefeitura de São Luís estuda privatizar Estádio Municipal Nhozinho Santos

Informação foi confirmada pelo secretário municipal de Esporte e Lazer, Ricardo Diniz, durante entrevista ao programa Ponto Continuando

Ex-vereador de São Luís e atual titular da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, Ricardo Diniz concedeu recentemente entrevista ao programa Ponto Continuando, da Rádio Educadora AM 560, apresentado pelos jornalistas Clodoaldo Corrêa e Glaucio Ericeira.

Na ocasião, o auxiliar do prefeito Eduardo Braide (Podemos) confirmou interesse do Município em privatizar o Estádio Municipal Nhozinho Santos, no Centro da capital.

De acordo com ele, pelo menos três empresas, cujos nomes foram preservados, já demonstraram interesse em assumir a gestão da tradicional praça de esportes.

Diniz explicou que manter o Nhozinho Santos, diante de um cenário no qual o Estádio é pouco utilizado, onera, sobremaneira, os cofres da Prefeitura, que acaba deixando de concentrar investimentos, através da Semdel, em atividades de promoção ao desporto amador, por exemplo.

Segundo ele, a ideia seria implementar no Nhozinho o mesmo modelo que já está funcionando em outros Estados, onde a iniciativa privada assumiu a direção de praças esportivas tornando-as mecanismos de geração de lucro, com restaurantes, bares e museus, por exemplo; além da promoção de outros eventos, como shows.

Ao Município, de acordo com o secretário, seria garantida uma cota de participação e também seria lhe dada a garantia de utilização do espaço para alguns eventos esportivos amadores.

Ricardo Diniz informou que, apesar de ter passado por uma reforma, concluída ano passado, o Nhozinho Santos ainda apresenta problemas crônicos, como o setor de iluminação, que não funciona a contento.

O secretário fez um balanço positivo das ações desenvolvidas até o momento e também elogiou o esquema de trabalho implementado pela Prefeitura e que resultou na volta do público aos Estádios.

Por Gláucio Ericeira

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo