ESPORTE AMADOR

Prefeitura de São Luís promove Festival Esportivo

O evento é promovido para alunos da rede municipal de ensino da capital maranhense

Estímulo ao esporte, alternativa de diversão e promoção de cidadania são o foco do Festival Esportivo, ação da Prefeitura de São Luís na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior que oportuniza a prática esportiva a alunos da rede municipal de ensino. A abertura do evento ocorreu na manhã deste sábado (17), no Parque do Bom Menino, Centro, com diversas atrações. Na abertura, apresentação de bandas e fanfarras, momento de interação com as crianças e encerramento com atividades esportivas. Mais de 1500 crianças participam do Festival. Os atletas são oriundos de Núcleos com atividades atendidas e conveniadas com a Prefeitura de São Luís, a exemplo do Programa Movimento e Resgate, da Semdel, que leva atividades esportivas e recreativas a crianças de vários bairros de São Luís.

O evento prossegue sempre aos sábados e domingos, das 8h às 12h, até dia 9 de dezembro. Entre as modalidades esportivas estão atletismo, basquete, capoeira, handebol, voleibol, futsal e futebol de campo. Voltado para crianças e jovens na faixa etária dos 7 aos 10 anos, o evento é coordenado pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semdel). “É um grande momento em que reunimos as crianças e jovens de diversas escolas da rede e oportunizamos uma alternativa de lazer, diversão e da prática de um esporte. Esse programa se une às várias iniciativas que a Semdel, na gestão do prefeito Edivaldo, já desenvolve no estímulo ao esporte em toda a capital”, reforça o titular da Semdel, Rommeo Amin.

“O programa tem esse objetivo, de trabalhar essas modalidades com a perspectiva de estimular nesse público a vivência de vários esportes em um só espaço. Nos sentimos honrados por fazer parte dessa iniciativa e estimular nessas crianças o gosto pelo esporte e que vai influenciar positivamente em seu crescimento pessoal”, pontuou o secretário adjunto da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Rodrigo Desterro, que no evento representou a titular da pasta, Andréia Lauande.

As bandas que abriram a programação animaram as crianças na plateia e o repertório apresentou desde o Hino Nacional, passando por canções que remetiam a São Luís até músicas populares. O grupo de dança afro Akomabu, do Centro de Cultura Negra do Maranhão também se apresentou na abertura do festival.

No ponto alto do evento, as crianças ocuparam a quadra para se divertir com o futsal e apresentação de karatê. Acompanhado do pai, Railson Gomes, de 7 anos, que estuda o 2º ano e mora na Vila Itamar, estava ansioso pelas partidas de futebol. “Eu jogo bastante com meu pai e é o esporte que eu mais gosto. Mas quero aprender outros esportes aqui. Achei muito legal, porque estou me divertindo com meu pai”, ressaltou.

Rayara Chrisllany de Sousa, 10 anos, que cursa o 4º ano e mora no São Raimundo, estava na expectativa para se divertir e aprender mais sobre o vôlei, esporte que ela gosta, mas nunca teve a chance de praticar. “Eu quero aprender e jogar com meus amigos. Gosto de ver na televisão e queria jogar. Quando eu soube que ia ter esse festival, eu logo escolhi o vôlei. E é bom estar aqui com meus amigos”, disse.

ESTÍMULO

Ao final das atividades do programa, as escolas recebem material da Semdel para prosseguirem com as práticas esportivas. “É uma forma de manter estimulado na criança esse amor pelo esporte e no futuro, despertar um atleta profissional”, enfatiza o educador físico da Semdel, Nilson Mendes. O técnico destaca que programas deste porte estimula a formação de um atleta profissional. Segundo ele, dos programas esportivos da Semdel já foram descobertos atletas que se destacaram no cenário nacional e compõem clubes locais e também fora do país.

O I Festival Esportivo tem apoio das secretarias municipais de Educação (Semed), da Criança e Assistência Social (Semcas) e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e execução do Instituto Solís. São contempladas crianças e jovens do programa Movimento e Resgate Esportivo (Semdel), do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (Semcas), do Fórum das Escolas Comunitárias e das unidades escolares municipais coordenadas pela Semed.

ESTÍMULO À DIVERSÃO

O momento é de brincar e se divertir, pontua a coordenadora do I Festival Esportivo, Keila Carvalho. Ela explica não se trata de competição ou aula sobre alguma modalidade, mas uma alternativa de lazer para os participantes. “Não haverá competições, mas aqui as crianças vão se reunir e brincar. Experimentar esportes que elas não conheciam ou não tinham tanto acesso e aprender um pouco sobre cada um. As modalidades exploradas no programa foram escolhidas por elas próprias, nas escolas, e o programa vai proporcionar essa vivência”, ressalta.

As modalidades serão apresentadas em forma de circuito. Simultaneamente, técnicos e professores da rede municipal estarão promovendo ações em cada um dos esportes incluídos no programa para que a criança participe de quantos quiser. A Semdel fornece todo o material para as práticas – bolas, redes, equipamentos de proteção e demais acessórios. As crianças integrantes do programa também recebem lanche durante o evento.

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close