PERSONALIDADE

Ricardo Diniz quer incluir estudantes de Educação Física em projetos da Semdel

O Secretário Municipal de Esporte e Lazer de São Luís busca parcerias com Instituições de Ensino Superior

O titular da Secretaria de Desportos e Lazer-Semdel, Ricardo Diniz fez reunião online com representantes de  Universidades do curso de Educação Física da capital maranhense. Segundo ele, o encontro virtual serviu para tratar sobre parcerias com as instituições de ensino visando projetos de inclusão social e estágios curriculares e extracurriculares, além de ouvir sugestões para o planejamento do órgão municipal.

Nosso objetivo é firmar parcerias com as universidades para projetos de inclusão social e estágios curriculares e extra curriculares, além de ouvir sugestões para o nosso planejamento”, afirmou Ricardo Diniz.

Em entrevista ao blogue da jornalista Dalvana Mendes, o secretário que é administrador de empresas com pós-graduação em Planejamento Estratégico e Administração Pública, explicou como surgiu a iniciativa e como o covid- 19 mudou a forma de vida das pessoas, o que foi necessário fazer um planejamento para Semdel, seguindo uma nova metodologia para as atividades antes e pós-covid.

O Covid mudou a forma de vida das pessoas e não foi diferente com as atividades físicas e o esporte. Criaremos um grupo de estudo multidisciplinar para planejarmos uma nova metodologia para as atividades antes e pós-covid, pois várias pessoas estão adquirindo sequelas e a atividade física, a fisioterapia, nutrição e outras são fundamentais para a recuperação deste indivíduo”, avaliou Ricardo Diniz.

Participaram de forma remota representantes da Universidade Ceuma, Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Universidade de Fortaleza (Unifor), Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU), Faculdade Pitágoras, Faculdade Estácio de Sá e do Instituto de Ensino Superior Franciscano (IESFMA).

Essa parceria está sendo avaliada por cada instituição dentro dos seus propósitos para que possamos integrar os futuros profissionais de Educação Física junto às ações da Semdel e, com isso, possamos nos ajudar no enfrentamento da pandemia”, concluiu Diniz.

Por Dalvana Mendes

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo