POLÍTICA

Três personalidades são agraciadas com Título de Cidadão por Fátima Araújo

Vereadora reconhece trabalho de três personalidades em prol da capital maranhense

A Câmara Municipal de São Luís realizou, na manhã desta sexta-feira (11), uma sessão solene de entrega do Título de Cidadão Ludovicense. A outorga é concedida a pessoas nascidas fora da cidade, que fazem jus à honraria, em razão de mérito em prol da capital.

A cerimônia foi presidida pelo segundo vice-presidente da Casa, vereador Paulo Victor (PCdoB), e contou com a participação dos co-vereadores Flávia Almeida e Jhonatan Soares, do Coletivo Nós (PT), e da vereadora Fátima Araújo (PCdoB), autora da proposição que originou a solenidade.

Os homenageados foram o diretor do Detran/MA, Francisco Nagib Buzar de Oliveira, vice-presidente do Grupo FC Oliveira; e o tenente coronel Joanilson Gusmão Mota, comandante do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV).

Serviços prestados

Eles foram condecorados a partir de proposição apresentada pela vereadora Fátima Araújo (PCdoB). Segundo a parlamentar, a homenagem é mais do que justa por se tratar de pessoas com currículos invejáveis e que se destacam com uma carreira de serviços prestados à capital maranhense.

“A concessão desta honraria é um reconhecimento pela colaboração dos homenageados no desenvolvimento de São Luís. A homenagem é uma forma de reconhecer tudo que eles fizeram, fazem e farão por São Luís”, disse.

Honra e alegria

Francisco Nagib falou da homenagem feita pela vereadora e destacou sua relação e amor com a capital. “Ter esse reconhecimento é uma honra e alegria. A gente espera retribuir com nosso trabalho e a nossa dedicação”, destacou.

O tenente coronel Joanilson Mota se emocionou ao falar que jamais esqueceria o momento em que, simbolicamente, recebeu a sua nova certidão de nascimento, se tornando cidadão ludovicense.

“Estou muito feliz por ter recebido essa honraria. Nunca imaginei que iria receber o título de cidadão de São Luís, uma cidade que amo muito e prezo”, frisou o militar.

Os convidados

O concorrido evento, no plenário Simão Estácio da Silveira, foi prestigiado por diversas autoridades, dentre as quais o secretário Márcio Jerry, titular da Secid (Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano); o procurador de justiça Eduardo Nicolau, que exerce o cargo de corregedor-geral do MPMA; o coronel PM Pedro de Jesus Ribeiro dos Reis, Comandante Geral da Polícia Militar do Maranhão (PMMA); do coronel Pedro de Jesus Ribeiro dos Reis, comandante Geral da Polícia Militar do Maranhão (PMMA); da promotora de Justiça Lítia Cavalcanti, titular da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de São Luís; do deputado estadual Zito Rolim (PDT), além da família e amigos do homenageado.

Ludovicenses por reconhecimento

Na capital maranhense, vivem pessoas de vários municípios, Estados e países diferentes, que vêm morar, trabalhar e engrandecer ainda mais a cidade. Em reconhecimento a essa dedicação, a Câmara Municipal de São Luís (CMSL) entrega a muitos desses moradores uma honraria bastante significativa: o Título de Cidadão Ludovicense.

Já receberam a homenagem artistas, políticos, sindicalistas, sacerdotes, atletas, cientistas e militantes, entre tantos outros homenageados. Enfim, uma representação do povo ludovicense.

A entrega da outorga é realizada em sessão solene, que geralmente ocorre no Palácio Pedro Neiva de Santana. Esses eventos testemunham muitas emoções e atraem parentes e admiradores dos novos cidadãos ludovicenses. Cantores homenageados às vezes dão uma mostra de seu talento.

O futuro cidadão ludovicense nem precisa morar na cidade para receber a homenagem. De acordo com o Regimento Interno da CMSL, “a Câmara poderá conceder título de cidadão honorário ou qualquer outra honraria ou homenagem a personalidades nacionais ou estrangeiras radicadas no País, comprovadamente dignas da honraria”. E faz uma ressalva, “os títulos poderão ser conferidos a personalidades estrangeiras, mundialmente consagradas pelos serviços prestados à humanidade, não se aplicando a exigência da radicação no País”.

Para conceder a homenagem, um dos 31 vereadores de São Luís deve apresentar um Projeto de Decreto Legislativo e receber voto favorável suficiente em votação única. É preciso demonstrar que o homenageado, ou representante, concorda em receber. Conforme a norma da Casa, também é preciso anexar a biografia do futuro ludovicense para mostrar que é digno do título.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo