ARTIGO

Afogados x Luzeiros

Artigo escrito e publicado pelo jornalista Leandro Miranda

Duas entrevistas agitaram o meio político maranhense na noite de 31 de janeiro. O local escolhido para cada uma delas simboliza as diferenças que estarão em jogo nesta eleição.

A histórica sede do PDT na Rua dos Afogados foi o palco das declarações de Jackson Lago no caminho ao Palácio dos Leões. Também foi para lá que Jackson seguiu quando foi apeado do Palácio por um golpe jurídico da família Sarney. Saiu do Leões caminhando e foi até a Afogados dar declaração de que continuaria sua luta contra o sarneysismo. O mesmo que fez Weverton ontem quando saiu do Leões para ir até a Afogados falar que mantinha a candidatura para representar o povo do Maranhão.

Na mesma noite, Brandão resolveu falar. E escolheu outro cenário: o Hotel Luzeiros, na Ponta D’Areia. O Luzeiros também é simbólico na história política do Maranhão. Lá foi preso o doleiro Alberto Yousseff, em uma das primeiras ações da Operação Lava Jato.

A cena abre o filme A Justiça É Para Todos. Yousseff foi preso por seus negócios na Petrobras. Mas quando estava no Luzeiros, negociava um pagamento de precatório no fim do governo Roseana, que possivelmente seria usado para fins eleitorais.

O Hotel Luzeiros é símbolo do apego ao poder em final de mandato no Maranhão. Do tudo ou nada para se manter no Leões.

A rua dos Afogados é o lugar dos que sabem que podem ser tirados do Leões, mas não perdem a conexão com o povo.

Em outubro, o povo vai decidir o que prefere.

Por Leandro Miranda

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!