LEGISLATIVO

Astro de Ogum critica ações da Blitz Urbana

De acordo com o vereador, o órgão está agindo com truculência durante as suas atividades

O vereador Astro de Ogum (PCdoB) ocupou a tribuna durante o grande expediente, na sessão ordinária desta terça-feira, 15, para criticar as ações da Blitz Urbana em bairros de São Luís. A decano da Casa Legislativa foi categórico ao pautar um tema bastante discutido pela população.

O parlamentar informou que alguns servidores que integram a Blitz Urbana estão abordando com truculência comerciantes informais. “Tem um agente da Blitz Urbana de nome Welington que está agindo como um ditador da cidade de São Luís. Ele chegou na Ribeira com alguns homens armados ameaçando a população. O problema é grave, alguns moradores foram ameaçados até de bala pela Blitz Urbana”, disse.

Astro de Ogum ressaltou que os vereadores têm que tomar providências em relação às atitudes de servidores da Blitz Urbana. Ele também destacou que por conta da pandemia e outros problemas, como o aumento no desemprego e a inflação, muitas pessoas estão encontrando na informalidade uma forma de se sustentar.

“Nós estamos em um momento muito difícil. Eu quero saber se os governantes preferem a pessoa trabalhando, vendendo seus produtos, ou se preferem que sejam assaltantes. O trabalho da Blitz Urbana está empurrando as pessoas para a miséria, essa que é a realidade.”, disse o parlamentar.

No final de seu pronunciamento, Astro de Ogum convidou os demais parlamentares para realizar uma visita ao bairro Ribeira. “Eu gostaria que fosse criada uma comissão para que a gente vá até a Ribeira, para que a gente possa ouvir os comerciantes e os moradores”, finalizou.

Blitz Urbana

A Blitz Urbana é um órgão vinculado à Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (SEMURH) e tem o objetivo de realizar os serviços de fiscalização pelos órgãos da Administração Municipal de São Luís, inclusive em relação ao comércio formal e informal.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!