MARANHÃO

Cara de pau: MOB diz que baixadeiros serão prejudicados com a suspensão do ferryboat velho José Humberto

Embarcação com 35 anos de uso, montada para navegar na baía de São Marcos, trafegava toda rachada

O presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), Gilberto Lins Neto, que substitui seu chefe, Celso Henrique, acha que os baixadeiros são trouxas ou tapados para acreditarem em suas lorotas. Pouco preocupado com os usuários do ferryboat, Gilberto baixou uma portaria reajustando o preço das passagens de veículos.

Em nota divulgada na tarde desta segunda-feira (12), a MOB lamentou o fato do Ministério da Justiça e Segurança Pública ter determinado a imediata interdição do ferry-boat José Humberto, embarcação trazida pelo Governo do Estado do Pará para fazer a travessia entre São Luís e a Baixada – e vice-versa.

De acordo com o comunicado, a decisão da Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor será cumprida, mesmo com a embarcação possuindo todos os documentos que certificam sua segurança para navegação. O problema talvez não seja a documentação, mas sim o casco do ferryboat todo rachado nitidamente, podendo ocasionar uma tragédia.

Ainda segundo a MOB, o José Humberto já realizou 645 viagens, tendo transportado mais de 54 mil passageiros até o momento, possuindo, ainda, 1.290 horas de navegação sem oferecer riscos.

“Tal embarcação é essencial para o fluxo do serviço público de transporte aquaviário, sendo certo que sua retirada de operação prejudica severamente a população da baixada maranhense”, finalizou o órgão.

VANZEIROS INSATISFEITO

Ao saberem a notícia da suspensão do José Humberto, vanzeiros fizeram a festa de alegria, já que, segundo os trabalhadores, a embarcação estava com o casco rachado e colocava em risco a vida de quem atravessava a baía de São Marcos. Os vanzeiros comemoraram a suspensão dos serviços do Zé Bebeto.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo