ARTIGO

“Estamos vivendo em uma roleta russa”, disparou o vereador Francisco Chaguinhas

O vereador de São Luís se referiu à pandemia do novo coronavírus que atingiu o mundo automaticamente

O vereador de São Luís, Francisco Chaguinhas (Podemos), há um mês usou a Tribuna da Câmara Municipal para fazer uma análise do momento em que o Brasil e o mundo atravessam com a crise sanitária da pandemia do novo coronavírus, que já matou milhões de pessoas no planta. Aqui no Brasil já ultrapassa a casa dos 355 mil brasileiros mortos pela Covid-19.

Durante sua fala, Francisco Chaguinhas foi categórico ao afirmar o momento que cada estado enfrenta e sua preocupação com cada ludovicense. “Estamos vivendo em uma roleta russa. Não sabemos como será o dia seguinte”, disse o vereador de São Luís em tom de preocupação e tristeza.

Nesta terça-feira (13), o vereador Francisco Chaguinhas usou suas redes sociais para relembrou sua análise.  “Há pouco mais de um mês fiz um discurso na Tribuna da Câmara onde ressaltei que no momento todos nós estamos vivendo uma roleta russa, e de lá, até hoje, vendo quantas pessoas queridas nos deixaram, quantas pessoas sofreram e sofrem por conta do vírus. Reafirmo a reflexão de que há um cheiro de tristeza no ar, um sentimento de não saber como será o dia seguinte. Vivemos com o coração na mão, principalmente aqueles que precisam se arriscar diariamente para sobreviver, infelizmente um atropelo de vidas”, descreveu Francisco Chaguinhas.

A análise do vereador de 4 mandatos, Francisco Chaguinhas, mostra a visão de quem conhece a realidade da população carente. No momento do discurso do vereador do Podemos, a Câmara Municipal de São Luís ainda contava com a presença do vereador Batista Matos, que agora infelizmente já faz parte das estatísticas negativas da Covid-19. As palavras usadas por Francisco Chaguinhas naquele momento reverberam com tantas vidas perdidas.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo