BABADO DA SEMANA

Filhos de Bolsonaro passam o dia inteiro colocando ração para o gado na rede social

Eles tentam colar rótulo lulista na CPI da Covid, com um único objetivo, criar cortina de fumaça

Desde o início da semana, Eduardo e Carlos Bolsonaro repetem um mantra nas redes sociais. Toda vez que mencionam a CPI da Covid, desgaste diário para o governo, trocam o nome do colegiado para “CPI do Lula”: uma tentativa de engajar a própria base em torno da pecha petista em relação ao trabalho dos senadores.

Entre 24 de junho e 1º de julho, a expressão foi repetida 64 mil vezes no Twitter — um aumento de 137% em relação à semana anterior, de acordo com dados da consultoria Arquimedes.

Omar Aziz e Renan Calheiros foram os principais alvos da artilharia: entre bolsonaristas, viraram “presidente e relator da CPI do Lula”.

Desgastado, filhos do presidente da República tentam criar cortina de fumaça nas redes sociais, com o único objetivo: alimentar o gado na internet. As mentiras são compartilhadas pelos patriotas, cristãos e conservadores, que cometem crimes por baixo dos panos.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo