NOTÍCIAS

Pesquisa Escutec também mostra liderança de Weverton sobre Brandão

Briga pelo segundo lugar entre Brandão e Edivaldo Holanda Júnior é maior que pela liderança

Mesmo com todo aparato, distribuindo equipagens para times de futebol amador, cestas básicas, usando a máquina pública a todo vapor e prometendo Deus e o Mundo a aliados e opositores, Carlos Brandão não decola na preferência popular. As pesquisas mostram, que o maranhense não quer a continuação da gestão Flávio Dino com Brandão no Palácio dos Leões.

Com algumas diferenças, a pesquisa do instituto Escutec demonstrou a mesma tendência das outras divulgadas recentemente: o senador Weverton lidera com ampla margem e Carlos Brandão, Edivaldo Holanda Júnior e Roberto Rocha disputam o segundo lugar de perto. ´Mesmo após Flávio Dino declarar apoio pessoal a Carlos Brandão, de nada adiantou. O efeito foi negativo e reflete no próprio Dino, que pode se despedir da política precocemente.

Desconsiderando o cenário com Roseana Sarney, já que a ex-governadora já deixou claro que não irá disputar cargo ao Palácio dos Leões, os cenários mostram Weverton líder absoluto na briga pelo governo nas eleição do ano que vem.

No primeiro, Weverton (PDT) lidera com 29% das intenções de voto, seguido por Carlos Brandão (PSDB), com 17%, Edivaldo Holanda Júnior (PSD), com 16%; e Roberto Rocha (PSDB), com apenas 10%.

Em um segundo cenário, com outros pré-candidatos na disputa, Weverton também aparece liderando a corrida ao Palácio dos Leões, com 23% das intenções de voto. Em seguida aparece Carlos Brandão e Edivaldo Júnior com 14% cada um. Roberto Rocha obteve 9%, enquanto que o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) aparece com 3%, o mesmo percentual do secretário de Indústria e Comércio Simplício Araújo (Solidariedade). Lahésio Bonfim (PTB) vem em seguida com 2% e o secretário de Educação, Felipe Camarão (PT) com apenas 1%.

O Instituto Escutec ouviu de 27 a 29 de dezembro 1.400 mil pessoas em 66 municípios das cinco regiões do Maranhão. O intervalo de confiança da pesquisa é de 90% e a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!!!