HOMICÍDIO

Pistolagem ainda em alta no Maranhão

Vereador do município de Maranhãozinho foi executado a tiros em Santa Luzia do Paruá-MA

No Maranhão, a pistolagem ainda continua em alta, principalmente no interior do Estado. Escreveu não leu, a bala come solta. A situação é tão complicada, que se correr o bicho pega e se ficar morre. É contra políticos, empresários, jornalistas, blogueiros ou quem se atrever atravessar o caminho de quem tem o poder aquisitivo melhor.

Nesta terça-feira (23), o vereador João Pereira Serra (PSD), também conhecido como “Jango”, foi executado a tiros no município de Santa Luzia do Paruá, a 370 km de São Luís, capital do Estado. Ele tinha 46 anos e era vereador do município de Maranhãozinho, a 232 km da capital.

Segundo a polícia, o vereador foi executado por dois homens, que ainda não foram identificados, por volta das 6h da manhã, no momento em que ele saía da fazenda do pai dele. O vereador seguia por uma estrada de terra, rumo à BR-316, situada na zona rural de Santa Luzia do Paruá-MA.

A polícia informou, ainda, que “Jango” foi atacado pelos suspeitos que disparam vários tiros de revólver calibre 38 e escopeta. O vereador não teve condições de esboçar reação e morreu dentro da caminhonete de sua propriedade.

Após o crime, os assassinos do vereador fugiram em direção a uma área de mato na região da cidade de Santa Luzia do Paruá e ainda não foram capturados pelos policiais.

Por Gilberto Lima

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo