FAMEM

“Prato cheio”: Famem entrega 14 mil kits alimentação a municípios maranhenses

A ação faz parte do projeto 'Municípios: Prato Cheio para o Desenvolvimento do Maranhão

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) entregou na última quinta-feira (14), 14 mil cestas básicas para 25 municípios maranhenses. A ação faz parte do projeto ‘Municípios: Prato Cheio para o Desenvolvimento’, realizado pela entidade em parceria com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

Os kits alimentação serão doados para famílias em situação de vulnerabilidade social dos 50 municípios maranhenses com menor IDH e com população abaixo de 50 mil habitantes. A iniciativa vai contribuir para amenizar as dificuldades de alimentação enfrentadas pelos munícipes em decorrência da crise econômica e sanitária causada pela pandemia da Covid-19.

O presidente da Famem, Erlânio Xavier, destacou a importância das cestas básicas no momento de crise que todo o país passa e, principalmente, pelo Maranhão ainda contar com muitos municípios que tem um baixo IDH. “Somos um dos estados que, infelizmente ainda tem vários municípios com baixo IDH, onde muitas pessoas ainda estão em situação de vulnerabilidade, o que se agravou ainda mais com a pandemia. Por isso mesmo, esse projeto, que é uma parceria da Famem com a CNM e vários outros parceiros, vem contribuir para atender a população dos nossos municípios no que é mais fundamental para as pessoas: a alimentação”, pontuou.

Para o prefeito de Pedro do Rosário, Toca Serra, o projeto será um alívio para muitas famílias do seu município e dos demais que foram contemplados. “Agradecemos a Deus e a Famem em nome do presidente Erlânio Xavier por esse projeto que vai possibilitar que possamos levar comida na mesa daqueles que mais precisam nesse momento tão difícil”, comentou.

O projeto conta ainda com o apoio do Banco do Brasil, da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), Associação Brasileira dos Captadores de Recursos (ABCR), Fundação Hermann Hering e Sebrae.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo