POLÍTICA

Flávio Dino volta a comer no prato que cuspiu da família Sarney

A tese "oligarquia" caiu por terra faz tempo e agora estão juntos novamente

Quando falo que apenas na política, água e óleo me misturam, algumas pessoas me criticam. Para vencer a eleição de 2014, Flávio Dino polarizou, tentou colocar o Grupo Sarney no lixo, fez de tudo, inclusive polarizou o Maranhão todo com a frase: Oligarquia nunca mais! Em 2018, no debate da TV Mirante, Flávio Dino chegou a levar água de casa, simplesmente para tentar mostrar ao povo, que não queria nada que viesse dos Sarney.

“A polarização foi se diluindo ao logo do tempo. Hoje, ela inexiste”, afirmou o governador Flávio Dino (PSB), durante entrevista ao Portal Guará  sobre a possibilidade de dividir o mesmo palanque com a família Sarney nas eleições de 2022.

Prestes a entregar o Palácio dos Leões ao vice-governador e escolhido para ser seu sucessor, Carlos Brandão (PSDB), Flávio Dino informou que ele terá apoio da família Sarney na disputa do Governo do Estado.

“O vice-governador Brandão terá apoio, provavelmente, de uma parte do grupo Sarney. Outras partes estão com outros candidatos. Agora eu realmente acho que, em termos de organização partidária, isso só vai ficar mais nítido mais adiante. Se essa fragmentação do grupo Sarney vai se manter em várias candidaturas ou se eles vão se unificar no apoio a uma única candidatura”, disse o governador.

Além do apoio do deputado estadual Adriano Sarney, o MDB, liderado pela ex-governadora Roseana Sarney, está prestes a declarar apoio a Brandão, que caso seja eleito, devolverá o Maranhão para a oligarquia tão criticada por Flávio Dino nas eleições de 2014.

“Houve essa reconfiguração da política do MA. O grupo liderado pelo ex-presidente José Sarney, hoje, é pequeno. Não que seja inexistente, mas é muito reduzido. Continua a ter sua importância, mas não ocupam mais um dos polos da disputa estadual. O tempo altera as relações políticas”, justificou Flávio, que recentemente foi eleito como membro da Academia Maranhense de Letras com a ajuda dos Sarney.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo