SOCIAL

Weverton destina R$ 754 mil em emenda para APAE de São Luís-MA

A APAE é uma entidade assistencial e educacional, filantrópica e sem fins lucrativos

O senador Weverton (PDT-MA) destinou R$ 754 mil em emenda para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de São Luís. A APAE é uma entidade assistencial e educacional, filantrópica e sem fins lucrativos que realiza um trabalho para promover a atenção integral à pessoa com deficiência.

“A entidade desenvolve um trabalho muito importante na inclusão e na defesa dos direitos da pessoa com deficiência. É por isso que faço questão de dar minha contribuição por meio deste benefício que será muito bem utilizado pela associação”, disse o parlamentar.

A APAE atende centenas de crianças e adolescentes e tem como principal objetivo promover e articular ações de assistência social, educação, saúde e defesa dos direitos da pessoa com deficiência. Os recursos destinados pelo senador serão usados na aquisição de reagentes para a realização e processamento dos exames do Teste do Pezinho. De acordo com a entidade, com os recursos será possível produzir 24.000 exames, o que equivale a três meses de processamento com abrangência aos 217 município do Maranhão.

Esta é a terceira vez que Weverton garante recursos para a associação. Em 2017, o parlamentar também destinou emendas no valor de R$ 100 mil para a APAE de Balsas.

“É importante destinar emendas para ajudar instituições que realizam um trabalho de assistência e de inclusão social. Temos que ajudar quem ajuda aqueles que precisam”, ressaltou o parlamentar.

APAE-MA

No Maranhão a primeira APAE fundada foi em São Luís, em 10 de março de 1971, tendo como marco inicial a iniciativa de um grupo de pais de pessoas com deficiência intelectual, estigmatizados como excepcionais (nomenclatura utilizada à época) que não tinham acesso a atendimentos público ou privado que satisfizessem suas necessidades nas áreas de educação, reabilitação, médica, psicosocial, dentre outros imprescindíveis para o seu desenvolvimento cognitivo, social e psicomotor, e viviam à margem da sociedade onde imperava o preconceito e a discriminação.

A APAE durante mais de quatro décadas imprimiu na história ludovicense uma atuação pioneira, intensa e valorosa pelo trabalho desenvolvido e por isso conquistou o respeito e o reconhecimento do seu papel enquanto instituição filantrópica, propiciando assistência e inclusão social a pessoas com deficiência, principalmente nas áreas de educação, reabilitação, saúde, trabalho, arte-cultura, orientação às famílias e defesa de direitos.

Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo