Carioca

  • BABADO DA SEMANA

    Deputados articulam soltura de Daniel Silveira

    Deputados articulam com o Supremo Tribunal Federal (STF) alternativas para o caso de Daniel Silveira (PSL-RJ), preso em flagrante no fim da noite de terça-feira (16) por atacar ministros da corte em um vídeo. Fontes ouvidas pelo Site Congresso em Foco apontam que parlamentares estudam a derrubada da prisão preventiva condicionada à abertura imediata do Conselho de Ética. Outra opção negociada com o Supremo é a…

    Leia mais »
  • BABADO DA SEMANA

    Quem é Daniel Silveira, o deputado bolsonarista preso pela Polícia Federal?

    Preso em flagrante na noite dessa terça-feira (16) após atacar o Supremo Tribunal Federal (STF), Daniel Silveira (PSL-RJ) coleciona confusões desde antes de se eleger deputado federal em 2018, com quase 32 mil votos. Policial Militar do Rio de Janeiro entre 2012 e 2018, Silveira surfou na onda bolsonarista, com ataques aos direitos humanos, às instituições e à democracia. Aos 38 anos,…

    Leia mais »
  • BABADO DA SEMANA

    Senador bolsonarista Arolde de Oliveira morre vítima da Covid-19

    RIO DE JANEIRO —  O senador bolsonarista Arolde de Oliveira (PSD-RJ) morreu na noite desta quarta-feira (21) vítima de falência múltipla dos órgãos em consequência da Covid-19. Ele estava internado desde o dia 4 deste mês no Hospital Samaritano, em Botafogo, Zona Sul do Rio. Com 83 anos, o político teve uma série de complicações no seu quadro de saúde…

    Leia mais »
  • JUSTIÇA

    Mais um deputado do PSL será investigado por falcatruas

    RIO DE JANEIRO – O deputado Rodrigo Amorim (PSL) , o mais votado para a Alerj no ano passado, será investigado em um sindicância da prefeitura de Mesquita por suspeita de ter sido funcionário fantasma por quase um ano. Amorim, que ficou conhecido durante as eleições por exibir com orgulho uma placa quebrada da vereadora assassinada Marielle Franco, foi subsecretário de Governo e Planejamento de Mesquita entre 2015 e 2016. Nos mesmos…

    Leia mais »
  • JUSTIÇA

    Delegado é afastado do caso Marielle Franco

    Responsável pelo inquérito do crime mais complexo que a Polícia Civil do Rio já enfrentou, o assassinato da vereadora Marielle Franco e Anderson Gomes, o titular da Delegacia de Homicídios (DH) da Capital, Giniton Lages, está deixando o caso. Depois de cumprir o que ele chamou de primeira etapa da investigação, com provas técnicas contra os suspeitos de atirar e…

    Leia mais »
Botão Voltar ao topo